AYURVEDICA
Janeiro 16, 2017 2 Comentários Saúde Antonio Lopes

A Ayurveda, não é, como muito pensam apenas uma medicina.

Praticada há pelo menos 5000 anos e registada na literatura mais antiga que se conhece, os Vedas, é um sistema que abrange não só a medicina mas também a espiritualidade e filosofia. A tradução literal da palavra ayurveda é “ciência ou modo de vida” e refere-se à forma como vivemos a vida no seu dia a dia.

A Ayurveda não foi desenvolvida como método científico mas sim descoberta por sábios e videntes da India antiga, através  de meditação profunda e práticas espirituais.

A Ayurveda nada mais é do que viver a vida diária em harmonia com as leis da Natureza. E isso consegue-se mantendo em perfeito equilíbrio as 3 energias fundamentais do corpo, chamados doshas que são 3: vata, pitta e kapha e um perfeito equilíbrio entre o corpo, a mente e a consciência.

O diagnóstico na Ayurveda baseia-se em duas práticas: observação do corpo e sentir o pulso do paciente.

Na primeira, observa-se a forma do corpo; magro, atlético, gordo, alto, baixo, médio, a cor de tipo de cabelo, a cor e tipo de olhos, unhas, pele etc..

Cada dosha irá reflectir-se nesse conjunto. O sentir o pulso é algo bastante complexo e requer muita experiência: colocam-se 3 dedos sobre o pulso para sentir o tipo de pulsação. Uma pessoa muito experiente pode logo determinar  de que tipo de problemas o paciente sofre apenas com esse procedimento.

Se a pessoa tem os 3 doshas em equilíbrio, terá uma saúde bem equilibrada. Um dos doshas mais predominantes, irá tender a desenvolver doenças referentes a esse dosha.

Assim, pessoas vata terão tendência a problemas no cólon como prisão de ventre e pele seca, pessoas pitta irão ter inflamações e pessoas kapha problemas de circulação. Isto num sentido muito geral pois ninguém tem um dosha apenas na sua constituição.

Todo o tratamento na ayurveda procura um equilíbrio entre os três doshas e começa por eliminar as toxinas que se acumularam no organismo.

Para isso, a ayurveda aconselha a desintoxicar tanto o corpo quanto a mente. A repressão de emoções que consideramos negativas como raiva, ódio, inveja, medo, ansiedade e possessividade pode causar grandes desequilíbrios nos doshas causando doença.

Por exemplo, o medo está associado a vata e reprimido, terá repercussão negativa nos rins. Raiva reprimida, afectará pitta e o fígado e cobiça e possessividade irá aumentar kapha  e trazer problemas ao coração e ao baço.

Para a desintoxicação do corpo a ayurveda recomenda uma série de acções dependendo do dosha mais desequilibrado.

Os alimentos também são considerados vata, pitta e kapha, assim como as horas do dia e noite, as estações e alguns comportamentos.

Assim, para equilibrar um dosha que esteja exagerado, alimentamos-nos com alimentos que o anulem mas sempre com o cuidado de não criar novo desequilibro.

Como exemplo, se a pessoa comer muitos picantes quentes, vai criar um desequilíbrio do dosha pitta mas se comer demasiado feijão, que é frio e seco e como tal, vata para contrabalançar pitta pode criar desequilibro vata.

A hora do dia e a estação do ano, também são importantes

Não menos importante na prática ayurveda, são as cores e as pedras e metais. A cor vermelha, por exemplo, exacerba pitta enquanto que a cor azul ajuda a acalmar esse dosha. A ayurveda recorre bastante ao uso de metais como prata e ouro e pedras semi e preciosas. Cada metal e cada pedra está associada a um dosha e o seu uso pode ajudar a equilibrar excessos.

 

 

~/~

.

.

.

.

.

~/~

.

.

.

APOIE O NOSSO PROJECTO:

Visite este site regularmente  e partilhe os nossos artigos.

.

Inscreva-se no nosso grupo do Facebook:

PROBIOTICAMENTE

m.facebook.com/groups/621311187988433

Alimentação, probióticos & suplementação;
Saúde | Corpo & Mente
Horticultura bio | Arquitectura sustentável
Higiene e cosmética naturais
(…)
.

.

.

 

{ apoie o nosso projecto. Saiba mais aqui }



Siga-nos:
Tags
Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *