Descontaminar bolor da kombucha
Abril 27, 2020 Comentários fechados em Descontaminar bolor da kombucha Kombucha,Probióticos António Lopes

I. BOLOR NA KOMBUCHA

Porquê?

Existem vários motivos pelos quais uma fermentação de kombucha pode ganhar bolor.

1. Presença de esporos no ar, nos ingredientes, nas mãos ou nos utensílios utilizados.

.

Daí a importância da higiene na manipulação;

De tapar a fermentação com um pano ou papel que permite passagem de ar…

(para as bactérias acéticas).

.

É também importante não ter a kombucha perto de alimentos que ganhem bolor facilmente.

.

.

2. Má qualidade dos ingredientes ou presença de químicos que possam afectar a fermentação.

.

.

3. Ausência do starter que habitualmente se adiciona à fermentação.

.

Não sendo 100% certo que a sua ausência resulte em bolor, na realidade é um motivo muito comum.

.

.

.

II. É ACONSELHÁVEL DESCONTAMINAR A KOMBUCHA? 

.

1. A informação  habitualmente transmitida é que não se deve descontaminar.

.

Mandar tudo fora e recomeçar com outras bolachas não contaminadas (importante ter hotel de kombucha) ou pedir nova doação. 

Esta opção é a mais prática e rápida. E é a que costumamos sugerir.

.

.

2. No entanto é possível e seguro retirar o bolor das fermentações.

.

Isto porque:

a) O bolor forma-se apenas à superfície;

b) É possível retirá-lo das bolachas (sobretudo se estiverem submergidas durante a fermentação) ;

c) E, o mais importante, é possível verificar facilmente se a contaminação permanece na fermentação.

.

.

.

III. COMO DESCONTAMINAR KOMBUCHA

.

Procedimentos para fazer em último caso = não ter bolachas extra ou ninguém que lhe dê outra.
.
.
1. Deitar fora o líquido todo e a película onde se estava a formar o bolor.
.
.
2. Lavar bem a bolacha mãe em água corrente retirando peles soltas e resíduos.

.
Colocar num recipiente bem limpo e tapado, coberta de kombucha se tiver algum de reserva ou vinagre se não tiver.

a) Há quem prefira vinagre de compra pasteurizado e quem prefira o BIO que tenha a mãe.

.

b) Qualquer uma das opções funciona.
.
.
3. Esterilizar / desinfectar / lavar muito bem todos os utensílios e frasco, utilizados.
.
.
4. Se puder, use outros tendo em atenção a limpeza e qualidade do material.
.
.
5. Fazer novo chá açucarado e adicionar 10% de vinagre.
(se o vinagre for bio e tiver mãe, espere arrefecer)
.
.
6. Deite a mistura num frasco deixando 2 dedos entre o nível do chá e a tampa.
.
Esse frasco irá ser fechado hermeticamente.
(gosto dos frascos do ikea que têm o anel de borracha para selar).
.
.
7. Lavar novamente a bolacha em água corrente e colocar no frasco, fechando bem.
.
.
8. Esperar 10 dias.
Se não surgir bolor, abrir frasco, retirar anel de borracha e fechar novamente (ou colocar guardanapo de papel preso com elástico, se usar outros frascos).

.

.

9. Se o procedimento tiver sido bem feito (higiene, ingredientes, fermentação hermética…) depois de retirar o anel não deverá surgir bolor.

.

Se surgir, considere que não vale a pena tentar recuperar e arranje nova bolacha.

.

.

.

NOTA:

1. Desenvolvi este método há uns anos para fazer face a “casos difíceis”.

.

Até ao momento nunca me falhou.

.

Como referido, é mais fácil e mais rápido arranjar uma nova bolacha e recomeçar e é isso que prefiro também.

.

No entanto, se não tiver possibilidade de arranjar uma nova, este é um bom método.

.

.

 

.
.
~~//~~
.
.

APOIE O NOSSO PROJECTO:

Visite este site regularmente  e partilhe os nossos artigos.

.

Inscreva-se no nosso grupo do Facebook:

PROBIOTICAMENTE

m.facebook.com/groups/621311187988433

Saúde | Corpo & Mente

Alimentação, probióticos & suplementação;

Horticultura bio | Arquitectura sustentável
Higiene e cosmética naturais
(…)
.

.

.

{ apoie o nosso projecto. Saiba mais aqui }



Siga-nos:
Tags
Sobre o autor
Deixe um Comentário
  1. 1

    Nelson de Azevedo Soares

    Onde posso adquirir este tipo de bolacha, pois no que concerne a esta matéria sou um nabo, pouco ou nada sei com fundamento. O meu obrigado.

    Um abraço

    1. 1

      Antonio Lopes

      Olá Nelson

      Adira sff ao grupo PROBIOTICAMENTE, no Facebook.

      Abraço

  2. 1

    Paula

    Mas seja as suas que as americanas tem as mesmas colónias e nas mesmas percentuais?

    1. 1

      Antonio Lopes

      Para pagar um estudo comparativo entre essas duas culturas ou até sobre qualquer outra que uso (kefir, tibicos, Kombucha…) para saber a microbiota específica de cada, eu teria de ser milionário.

      E como as minhas SCOBY não estão num ambiente esterilizado, tal estudo teria prazo de validade, já que a microbiota é dinâmica e pode variar com o tempo de vida de uma determinada cultura.