A BOLACHA ALBINA
Fevereiro 9, 2017 Sem comentários Probióticos Antonio Lopes

Há uns anos atrás brinquei com uma amiga a propósito de um nosso conhecido, que era fundamentalista do mito: “o kefir alimenta-se da lactose, os tibicos da sacarose…” e etc e tal… e que antagonizava quem quer que referisse estar a usar o kefir de leite para fermentar bebidas vegetais.

 

Ela brincou: apetecia-lhe dizer ao tipo que usava a kombucha para fermentar leite de soja.

Eu pensei que ela falava a sério (finalmente uma alma gémea, LOL) peguei na deixa e disse que estava a usar a kombucha para fermentar leite de vaca.

 

Rimo-nos a imaginar a tampa do fundamentalista a saltar com aquela informação.

 

Palavra puxa palavra e vai daí percebi que ela estava mesmo a brincar.

E ela, que pensava que eu brincava também…

 

 

~/~

 

 

À direita a mãe kombucha.

A-BolachaAlbina

Aproveitei uma bolacha daquelas que crescem com formatos invulgares.

 

Depois de ter a bolacha formada não coei logo e permaneceu esquecida (acontece-me muito), ficando a fermentar uns meses numa mistura de bebidas de soja, amêndoa e espelta (de compra).

 

Infelizmente ganhou bolor e foi então que a resolvi retirar. Foi limpa para a foto e disse-lhe adeus.

 

Estas bolachas em leites vegetais têm-me saído com uma consistência muito frágil, quando comparadas com as mães.

 

O sabor destas bebidas varia muito (não sou grande fã) mas pode-se, de facto, conseguir umas coisas bem saborosas.

Veja aqui uma delas.

 

.

.

.

~/~

.

.

.

APOIE O NOSSO PROJECTO:

Visite este site regularmente  e partilhe os nossos artigos.

.

Inscreva-se no nosso grupo do Facebook:

PROBIOTICAMENTE

m.facebook.com/groups/621311187988433

Alimentação, probióticos & suplementação;
Saúde | Corpo & Mente
Horticultura bio | Arquitectura sustentável
Higiene e cosmética naturais
(…)
.

.

.

 

~/~

 

{ apoie o nosso projecto. Saiba mais aqui }

 

~/~

Bibliografia & Referências

 

“A Review on Kombucha Tea—Microbiology, Composition, Fermentation, Beneficial Effects,Toxicity, and Tea Fungus”; Rasu Jayabalan, Radomir V. Malbaˇsa, Eva S. Lonˇcar, Jasmina S. Vitas, and Muthuswamy Sathishkumar.

.

“Investigation of the potencial usage of tea fungus kombucha in the production of fermented dairy products”; Mirjana RADIŠIĆ, Katarina ŠODIĆ.



Siga-nos:
Tags
Sobre o autor
Deixe um Comentário
  1. 1

    Nelson de Azevedo Soares

    Onde posso adquirir este tipo de bolacha, pois no que concerne a esta matéria sou um nabo, pouco ou nada sei com fundamento. O meu obrigado.

    Um abraço

    Responder
    1. 1

      Antonio Lopes

      Olá Nelson

      Adira sff ao grupo PROBIOTICAMENTE, no Facebook.

      Abraço

      Responder
  2. 1

    Paula

    Mas seja as suas que as americanas tem as mesmas colónias e nas mesmas percentuais?

    Responder
    1. 1

      Antonio Lopes

      Para pagar um estudo comparativo entre essas duas culturas ou até sobre qualquer outra que uso (kefir, tibicos, Kombucha…) para saber a microbiota específica de cada, eu teria de ser milionário.

      E como as minhas SCOBY não estão num ambiente esterilizado, tal estudo teria prazo de validade, já que a microbiota é dinâmica e pode variar com o tempo de vida de uma determinada cultura.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *