“Pickles” de Tibicos

“Pickles” de Tibicos
Novembro 21, 2021 Comentários fechados em “Pickles” de Tibicos Crudivorismo,Probióticos,Tibicos António Lopes

Apesar de lhes chamar pickles, os vegetais não foram sujeitos ao processo habitual de picklagem.

Neste caso específico, foi aproveitada água fermentada pelos tibicos que tinha ficado bem ácida.

Aos vegetais foram adicionados 2 figos secos.

Isto permite reduzir a acidez e dar um sabor diferente ao “normal”.

A fermentação é efectuada fechada e convém nos primeiros dias manter um prato debaixo do frasco uma vez que vai sair líquido como resultado da pressão gerada pelo CO2 que vai sendo produzido.

Este processo de fermentação, tal como todos os outros, serve como forma de conservação alimentar.

Melhor e mais barata que a congelação por exemplo.

Não tem prazo de validade, podendo ser guardados durante anos. Estes, mais de 4 anos.

Neste caso específico, a consistência dos vegetais muda e a couve flor, por exemplo, fica demasiado mole, o que pode não agradar.

Pela positiva, a acidez é muito inferior à dos pickles normais.

Claro que não é preciso esperar tanto tempo e podem esperar apenas 1 ou 2 dias para os comer.

É uma forma rápida de ter estes alimentos disponíveis consumindo alimentos nutritivos e probioticos.

Sobre o autor